segunda-feira, julho 17, 2006

EMPREGADO DO MÊS


"Leoficlonides era uma criança especial, tinha educação especial, rotina
especial e passava as tardes mexendo no computador do diretor de sua
escola, fechado em seu mundo autista, aprendendo a programar em várias
linguagens. Por conta de seus problemas neurológicos, depois de 10 meses
em frente a uma tela de computador, desaprendeu o pouco de português que
sabia e passou a se comunicar apenas com linguagem computacional. Na
adolescência, seus pais pagavam um técnico em informática para
acompanhá-lo no colégio e na faculdade, servindo de tradutor. Na vida
adulta Leoficlonides se tornou um brilhante programador, ditando as
linhas de comando não só de programas revolucionários (como Canto-Works,
Filk Station, Brief Count Line, Jefferson´s Hat e Parumi Oscilations)
como também criou novas linguagens. Aos 32 anos fundou uma empresa
especializada em desenvolver todo tipo de programa, onde trabalha até
hoje, sempre com a condecoração de "funcionário do mês", todos os meses,
initerruptamente, há 12 anos, não porque ele é o único funcionário, mas
porque ele é foda no que faz."

por André Leal




por Eduardo Arruda



"Jofre Waldemar é um escritor de romances para pessoas com mais de 25 e
menos e menos de 60 anos. Na verdade, ele escreve para quem tem entre 35
e 37, mas acaba atingindo as pessoas de 25 que querem parecer mais
maduras e as de 60 que querem parecer mais jovens. Com uma vendagem
colossal de seus livros, a editora que o publica mantém um quadro de
"funcionário do mês", com uma fotografia exatamente como a do desenho
acima, na sala da presidência, não por obrigação, ou recompensa, e sim
por amor, já que a dona da editora é a mulher dele, a qual tem 60 e
aparenta ter entre 35 e 37 anos."

por André Leal

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home